Conheça o pico: Portugal

0
466
Supertubos, Peniche, Portugal. Crédito: Prasad Siva

Depois do término da etapa da França, o tour da WSL aproxima-se do fim com a chegada da etapa de Portugal, penúltimo evento do ano. E a etapa deste ano promete! Conheça agora todos os detalhes sobre Portugal!

Competição

Segunda etapa da perna europeia do circuito mundial, o Rip Curl Pro é realizado todos os anos desde 2009 na pequena cidade pesqueira de Peniche, que fica a pouco menos de uma hora da famosa onda de Nazaré. O evento teve início no dia 20 de outubro. A diferença de fuso horário entre Brasília (horário de verão) e Portugal é de três horas para frente, e a transmissão online deve começar às 4:30 da manhã no horário brasileiro.

Gabriel Medina, Rip Curl Pro Portugal 2014, Peniche. Crédito: WS:
Gabriel Medina, Rip Curl Pro Portugal 2014, Peniche. Crédito: WS:
Imã de swells e terral o dia inteiro

Sim, você leu isso certo! Terral o dia inteiro! Parece algo dos sonhos, mas praticamente todas as combinações de ondulações e ventos em Peniche são perfeitas, já que por ser uma peninsula, se o vento estiver maral de um lado, estará terral do outro. Para deixar as coisas ainda melhores, o mar nessa região reage com praticamente qualquer pulso do oceano atlântico, além de receber ondulações gigantes constantemente. Portugal é garantia de altas ondas.

Supertubos

Principal pico de Peniche, seu nome descreve bem a onda. Tubos e mais tubos. Com fundo de areia, a onda é considerada por muitos como o melhor beach-break da Europa, e com certeza é a mais conhecida. Mas existem diversas outras ondas na região, como Molhe Leste, Lagide, Belgas e Pico da Mota, que garantem muitas sessões de freesurf dos tops todos os anos.

Além de Supertubos, a competição contará como picos alternativos as ondas de Pico do Fabril, Pico da Mota, Piscinas e Nazaré. Apesar de ser consistente o ano inteiro, a melhor época do ano para pegar os tubos da vida em Peniche é no inverno do Hemisfério Norte, que está prestes a começar.

maxresdefault
A temida onda de Nazaré pode servir de pico alternativo para o evento em Supertubos. Crédito: WSL
Brasileiros e a briga pelo título

Com a disputa pelo título mundial mais acirrada do que nunca, Gabriel Medina é o único brasileiro que chega a Portugal com chances expressivas. Apesar de ter ficado mais perto de JJF no ranking, Medina precisará se esforçar para barrar o havaiano.

COMPARTILHE